câmara sje extraordinária 11012019 01

A Câmara de Vereadores de São José do Egito realizou nesta sexta (11) a primeira sessão extraordinária do primeiro semestre de 2019. A reunião pautou dois projetos que dispunham sobre a implantação do valor do salário mínimo vigente a ser pago aos servidores públicos e pensionistas da Câmara e da Prefeitura.

Essa extraordinária foi a primeira reunião após a posse da nova Mesa Diretora presidida pelo vereador Rogaciano[GPF1] Jorge (PSB). A sessão começou às 10h e os vereadores votaram de forma favorável os pareceres das comissões e, consequentemente, aprovaram as duas matérias – uma do Legislativo e outra do Executivo.

Por se tratar de uma reunião de caráter extraordinário para votação de projetos similares – implantando o salário mínimo de R$ 998,00 – não aconteceram pronunciamentos na Tribuna.

A Câmara SJE está em recesso até o próximo dia 20. A primeira sessão ordinária deste ano deve acontecer no dia 26 de janeiro, às 8h da manhã.

câmara sje extraordinária 11012019 0 1

câmara sje extraordinária 11012019 0 2

câmara sje extraordinária 11012019 0 3

câmara sje extraordinária 11012019 0 4

câmara sje extraordinária 11012019 0 5


 [GPF1]

câmara sje mesa diretora 2019 2020

Mesa Diretora da Câmara SJE para o biênio 2019-2020: Aldo da Clipsi (vice), Rogaciano Jorge (presidente), Albérico Tiago (1º secretário) e Alberto de Zé Loló (2º secretário)

 

 

Na manhã deste sábado (15) o vereador Rogaciano Jorge (PSB) foi eleito presidente da Câmara de Vereadores de São José do Egito para o biênio 2019-2020. Por sete votos a seis o socialista e os parlamentares Aldo da Clipsi (PT), Albérico Tiago (PR) e Alberto de Zé Loló (PT) – eleitos também como vice, 1º e 2º secretários, respectivamente – foram escolhidos como membros da Mesa Diretora do Poder Legislativo egipciense para os próximos dois anos.

No início da sessão, presidida pelo vereador Antônio Andrade (PSB), o parlamentar David Teixeira (PR) solicitou que seu registro de candidatura à presidência fosse retirado. Dessa forma ficaram na disputa Rogaciano e Rona Leite (PT).

Como determina o Regimento Interno da Casa, a votação foi aberta. O presidente iniciou o pleito e os parlamentares votaram de forma individual na seguinte ordem: 2º secretário, 1º secretário, vice e presidente.

Os vereadores Albérico Tiago, Alberto de Zé Loló, Aldo da Clipsi, Antônio Andrade, Doido de Zé Vicente (PSC) e Jota Ferreira (PSB) seguiram com Rogaciano. Já Ana Maria de Romerinho (PSB), Beto de Marreco (PSB), Claudevan Filho (Rede), David Teixeira (PR) e Tadeu do Hospital (PTB) acompanharam Rona Leite.

A sessão deste sábado marcou também o encerramento do segundo período legislativo de 2018 e a Câmara entra em recesso por 30 dias.

A partir de 1º de janeiro o vereador Rogaciano Jorge assume a presidência. As informações sobre a solenidade de posse dessa nova Mesa serão divulgadas nos próximos dias.

câmara sje homenagem antônio jorge de souza

Família recebe placa em comemoração ao Centenário de Nascimento de Antônio Jorge de Souza. Foto: Marcello Patriota

Na noite desta sexta (20) a Câmara de Vereadores de São José do Egito promoveu sessão solene em homenagem ao Centenário de Nascimento do senhor Antônio Jorge de Souza, uma das personalidades mais ilustres que o município adotou. A solenidade foi iniciativa dos vereadores Antônio Andrade e Rona Leite e contou com a presença de todos os parlamentares.

Antônio Jorge de Souza nasceu nas imediações da Serra do Teixeira, em 25 de julho de 1918, construiu sua vida em São José do Egito, onde faleceu em 4 de abril de 1992. Foi casado com a senhora Alice Sampaio com quem teve nove filhos e uma filha.

Com a presença maciça dos familiares (Ideginaldo, Inaldo, Ionilson, Iranildo Roberto, Ivaldo, Ivanildo, Iveraldo e Izilda), também estiveram na solenidade o deputado federal Kaio Maniçoba, os estaduais José Humberto e Rogério Leão, o desembargador Francisco Tenório, os prefeitos de Tuparetama, Itapetim e Brejinho, respectivamente Sávio Torres, Adelmo Moura e Tânia Maria, o ex-deputado José Marcos, além de diversas outras autoridades.

Na tribuna da Casa do Povo, destacaram a importância do legado deixado pelo homenageado os vereadores Antônio Andrade, Rona Leite e Albérico Tiago. A única filha de Antônio Jorge, Izilda Sampaio, representando a família, desenvolveu pronunciamento.

A Câmara efetuou também a entrega de placa comemorativa à família. O jornalista Ivanildo Sampaio, primogênito do homenageado, foi quem recebeu a honraria representando os demais.

Após a solenidade foi servido um coquetel no clube da maçonaria abrilhantado pela Banda “Pinga Fogo” do jornalista Inaldo Sampaio, um dos filhos do homenageado.

câmara sje homenagem antônio jorge de souza placa

Jornalista Ivanildo Sampaio (centro), filho do homenageado, representa família e recebe placa comemorativa. Foto: Marcello Patriota

 

IMG 3524

Reunião para discutir a poluição das águas de mananciais da Bacia Hidrográfica do Rio Pajeú aconteceu na Câmara de Vereadores

Na manhã desta quarta (23) o Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Pajeú realizou audiência pública na Câmara de Vereadores de São José do Egito para discutir a poluição das águas de mananciais. Na reunião também foi apresentado pelo professor da UFRPE/UAST Genival Barros Júnior diagnóstico de contaminação por agrotóxicos das áreas de estudo da bacia do rio em questão.

O estudo mostrado apontou dados preocupantes que revelam possíveis contaminações em alguns açudes no percurso do Pajeú. Após coleta de material (solo e água) para análise, os resultados, em alguns casos, apontam que a substância “carbendazim” está presente. Um desses mananciais é a Barragem do Retiro, em São José do Egito.

De acordo com o professor Genival será preciso fazer outra análise de contraprova para se fornecer um laudo conclusivo se a água daquela barragem pode ou não utilizada para consumo humano. “A gente teve esse alerta em setembro do ano passado; o tempo está passando e é preciso identificar a origem dessa contaminação, inclusive, se está desenvolvendo problemas de saúde”, ressaltou.

O “carbendazim” é um produto altamente tóxico. Numa ação do Ministério Público Federal/DF o texto cita que o agrotóxico é associado a doenças de pele, problemas no fígado, diminuição de espermatozoides, infertilidade, malformações fetais, distúrbios hormonais e câncer.

Vários moradores das áreas vizinhas à Barragem do Retiro estiveram presentes e pediram providências urgentes, principalmente na execução de mais exames de contraprova.

No período da tarde foi realizada oficina com membros do comitê para integração dos colegiados de cinco açudes.

Estiveram presentes a presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Pajeú Ivanilda da Silva, o analista de recursos hídricos da Agência Pernambucana de Águas e Clima – Apac – Nilson Silva, os vereadores Claudevan Filho, David Teixeira (também representou o IPA) e Tadeu do Hospital, representantes dos sindicatos dos trabalhadores rurais de São José do Egito e Afogados da Ingazeira, da UFRPE e IFPE, do Crea e o secretário municipal interino de Agricultura e Meio Ambiente Júnior Siqueira.

IMG 3520

IMG 3540

Mirim 1

São José do Egito tem novamente mais uma turma de vereadores mirins. Na manhã desta sexta (27), a Câmara de Vereadores diplomou e deu posse a 13 estudantes das redes municipal e estadual de ensino que foram eleitos em suas escolas dentro do projeto Parlamento Jovem.

Mirim 3  Mirim 2


A sessão solene de posse, presidida pelo parlamentar Antônio Andrade (PSB), contou com a presença de todos os vereadores egipcienses, representantes dos educandários envolvidos, do secretário executivo de Governo Roberto Sampaio - representando o prefeito Evandro Valadares (PSB), da secretária municipal de Educação Roseane Borja, de estudantes e pais de alunos.
O projeto Parlamento Jovem é de autoria dos vereadores Rona Leite (PT) e Flávio Jucá (PSB) – este último licenciado para assumir cargo no Executivo. Foi implantado quando Jucá era presidente da Câmara (2011-2012), período em que foram formadas duas turmas de vereadores mirins. Passados mais de 4 anos, a atual presidência resolveu desenvolver novamente a ação.
Nesta edição participam os educandários municipais Baraúnas, Bonfim, Luís Paulino de Siqueira, Mundo Novo, Helena Maria de Siqueira Brito, Manoel da Costa, Romero Augusto Vilar Dantas e Naná Patriota, e estaduais Máxima Vieira de Melo, Professor Sebastião Ferreira Rabelo Sobrinho, Técnica Professora Célia Siqueira e Oliveira Lima. A Escola Municipal Baraúnas vai atuar com dois representantes para formar a quantidade exata de parlamentares. Em São José do Egito são 13 legisladores.
Foram diplomados e tomaram posse: Antônio Denis Soares Rocha, Glaucia Úranya Silva Ferreira, Idemar da Silva Alves, Jemerson Manoel da Silva, João Victor Rocha Gonçalves, Karen Marques de Morais, Kariny Gonçalves Muniz, Nayara Ketlin de Sousa Silva, Pablo Ruan Siqueira Lopes, Pedro David Ferreira dos Santos, Rafaella Ribeiro de Deus, Samara Ermyllin Camilo Silva e Tiago Natan de Lima.
Os alunos votados são do 9º ano ou do ensino médio. Puderam votar estudantes a partir do 6º ano.
Em 2017 a coordenação do Parlamento Jovem ficou sob a responsabilidade do 1º secretário da Casa, vereador Albérico Tiago (PR), e da assessoria de Comunicação da Câmara, através do jornalista Geraldo Palmeira.
Os diplomas aos estudantes foram entregues pelos parlamentares Albérico Tiago, Alberto Silva (Alberto de Zé Loló), Ana Maria Dantas, Antônio Andrade, Claudevan Filho, David Teixeira, José Roberto (Beto de Marreco), José Vicente (Doido), Rildo Fernando (Prato de Papa), Rogaciano Jorge, Rona Leite e Tadeu Gomes (Tadeu do Hospital). O vereador Aldo da Clipsi teve que se ausentar da sessão para acompanhar um irmão que iria fazer transplante.
Nos meses de novembro e dezembro os jovens irão se encontrar na sede da Câmara onde participarão de palestras sobre a atividade parlamentar e de sessões no mesmo formato das reuniões plenárias. No dia 7 do mês que vem, data da primeira sessão mirim, executarão eleição para composição da Mesa Diretora do Parlamento Jovem 2017 antes do início dos trabalhos.
Os jovens receberão todo o acompanhamento técnico da Câmara para desenvolverem indicações e requerimentos solicitando benfeitorias para suas escolas ou comunidades onde residem e tais matérias serão encaminhadas aos órgãos competentes.