Na noite desta segunda, 24, a Câmara de Vereadores de São José do Egito realizou sessão itinerante no maior distrito do município, Riacho do Meio. Trata-se do início de um ciclo de reuniões que serão realizadas fora da sede do Poder Legislativo do Berço Imortal da Poesia neste segundo semestre de 2015.

it 04it 02

A sessão, realizada no auditório da Escola Municipal Helena Maria de Siqueira Brito, foi marcada pelos pronunciamentos dos vereadores e a presença maciça dos moradores do distrito.

Na reunião a secretaria parlamentar distribuiu a todos questionário solicitando que apontassem o que gostariam que fosse realizado pelo poder público municipal na comunidade. Em posse das respostas, a Câmara apresentará na próxima sessão requerimento solicitando à prefeitura o atendimento às reivindicações.

it 05it 01

it 03it 06

As itinerantes também serão promovidas em outras nove localidades: Mundo Novo (14/09), Barra Nova (28/09), Grossos (13/10), São Sebastião do Aguiar (19/10), Bonfim (26/10), Olho D’Água (03/11), Juazeirinho (16/11), Curralinho (30/11) e Vila do Espírito Santo (07/12).

Na sede, às sessões ordinárias devem acontecer nas segundas-feiras subsequentes às que acontecerem nos distritos, povoados, vilas e sítios.

Inicio Sessão

A Câmara de Vereadores de São José do Egito realizou a primeira sessão ordinária do segundo semestre na noite desta segunda, 03. Com a presença de todos os parlamentares foram votadas mais de uma dezena de matérias.

Durante o recesso a Câmara funcionou normalmente, apenas as sessões ordinárias não aconteceram, entretanto, em 10 de julho foi promovida uma solene em homenagem ao Centenário de Fundação da Casa Lyra.

De acordo com o presidente da Câmara, José Vicente Souza, neste segundo período legislativo deverá continuar com o programa de sessões itinerantes, com os trabalhos sendo realizados em distritos, povoados e bairros.

A pauta da Ordem do Dia na sessão desta segunda contou com indicações, requerimentos e moções de vários parlamentares, além da entrada do projeto de Lei nº 012/2015, de autoria do Poder Executivo, dispondo sobre as diretrizes orçamentárias para o ano de 2016.

 

sessao junho

Na noite desta segunda, 29, a Câmara de Vereadores de São José do Egito realizou a última sessão ordinária do 1º período legislativo de 2015. No mês de julho os parlamentares estarão em recesso.
Durante a reunião diversas matérias (projetos, indicações, requerimentos e moções) foram votadas. Com destaque para as propostas do Poder Executivo que causaram mais debates entre os legisladores. Após as discussões foram aprovados os projetos de lei complementar nº 003/2015 e nº 004/2015. O primeiro dispunha sobre a constituição do Serviço de Inspeção Municipal e os procedimentos de inspeção sanitária em estabelecimentos que produzam produtos de origem animal e vegetal e o segundo tratava sobre o uso e o parcelamento do solo urbano na modalidade loteamento horizontal.
Os 13 parlamentares compareceram à reunião e quase todos proferiram seus pronunciamentos na tribuna, transmitidos através do rádio e do portal institucional da Câmara SJE - como de praxe.
A primeira reunião do segundo período deve acontecer em 03 de agosto. Durante o mês de julho o Poder Legislativo funcionará normalmente, apenas não acontecerão sessões ordinárias (extraordinárias podem ser convocadas caso algum projeto do Executivo em caráter de urgência seja protocolado).
A pauta da última reunião está disponível no portal da instituição e os áudios das sessões, também.

   

Aud. Publica 01 Aud. Publica 02

Aud. Publica 03 Aud. Publica 04

Aud. Publica 05 Aud. Publica 06

Na noite desta quarta, 20, a Câmara de Vereadores de São José do Egito promoveu uma grande audiência pública para discutir soluções quanto ao iminente colapso nos reservatórios de água e abastecimento no Berço Imortal da Poesia e municípios do Pajeú. Diante do cenário de crise o Poder Legislativo dá um importante passo na mobilização de forças para que os problemas sejam resolvidos.

Todos os parlamentares egipcienses compareceram, além de vereadores de Tuparetama, Ingazeira, Itapetim, Brejinho, Santa Terezinha e Sertânia.

O presidente da Câmara, José Vicente Souza, conduziu a reunião e os vereadores Rômulo Júnior e Maurício Mendes expuseram as propostas das bancadas de situação e oposição.

Pronunciaram-se os prefeitos de São José do Egito – Romério Guimarães, de Afogados da Ingazeira (Presidente da Amupe) – José Patriota, de Tuparetama (Presidente do Cimpajeú) – Edvan Pessoa e da Ingazeira – Luciano Torres.
Participaram ainda como expositores o engenheiro do Dnocs (Departamento Nacional de Obras Contra as Secas) Jackson de Oliveira Carvalho, gerentes regional e local da Compesa Sérgio Bruno e Rúbia de Freitas, respectivamente, o promotor de Justiça de São José do Egito Aurinilton Leão, o presidente da União dos Vereadores de Pernambuco Josinaldo Barbosa e o vereador de Tuparetama Joel Gomes.

O foco dos discursos foi a conclusão da etapa da Adutora do Pajeú até São José do Egito. O termino dessa obra, nessa fase, torna-se a solução para a crise de abastecimento de água em diversos municípios da Região. A continuação das obras na Barragem da Ingazeira também foi visualizada como um dos elementos fundamentais para sanar problemas futuros.

Com esta audiência a Câmara formulou documento que será encaminhado a todas as instituições executoras das obras que devem acabar com os problemas no abastecimento d’água de vários municípios pajeuzeiros.